Festival de Cinema de Gramado anuncia nova data

Dani Vilar / PressPhoto
Evento deve cocorrer entre 18 e 26 de setembro /Dani Vilar / PressPhoto

Festival de Cinema de Gramado anunciou que a edição 2020 ocorrerá entre 18 e 26 de setembro. Inicialmente programado para agosto, o evento foi adiado a partir de uma análise da organização a respeito da evolução do cenário nacional diante da pandemia de coronavírushttps://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

— Os festivais mantêm o cinema vivo e Gramado tem muita honra de contribuir com o fortalecimento da indústria do audiovisual. Esse é o nosso compromisso e será mantido ainda que não sejam descartadas alterações ou adequações no formato — avalia Diego Scariot, gerente de projetos da Gramadotur.

A seleção dos filmes para as mostras competitivas do festival deve ser finalizada até o final de julho. As inscrições de candidaturas foram recebidas até o dia 2 de maio.

36º Festival de Cinema de Gramado

Nossa participação no 36º Festival de Cinema de Gramado aconteceu a partir da tarde de quinta-feira, 14 de agosto.

À noite houve a exibição dos filmes “Juventude”, dirigido por Domingos de Oliveira, e “O Mistério do Samba” de Carolina Jabor e Lula Buarque de Holanda. O primeiro mostrou uma historia de três amigos, foi ovacionado pelo publico ao final da exibição. O segundo foi feito com base em pesquisas realizadas pela cantora Marisa Monte, que tem participação fundamental. É uma homenagem à Velha Guarda da Portela. O documentário nos mostra alguns dos mais belos sambas já criados.

Durante a manhã de sexta-feira participamos do Café da Manhã promovido pela Fundacine (foto), onde participamos da MESA 3 – FUNCINE: O QUE, COMO, QUANDO E PARA QUEM SERVE? Foram convidados Luis André Sád’Oliveira (BNDES), e Bruno Wainer (Lacan – DTF), e o debate foi mediado por Cícero Aragon (Fundacine).

À tarde participamos de dois outros debates. O primeiro debate foi sobre CO-PRODUÇÃO E FUNDOS DE INVESTIMENTOS NA AMÉRICA LATINA. Os debatedores convidados foram Silvio Da-Rin (SAV/MINC), Mário Diamante (ANCINE), Flávio Tambelini (Tambelini Filmes) e Rodrigo Homem (Câmara Filmes), e o mediador foi André Sturm (Siaesp e Programa Cinema do Brasil). O segundo debate, ocorrido à tarde, foi sobre PITCHING E VENDA DE PROJETOS PARA CINEMA. Os palestrantes convidados foram: Luis André Sád’Oliveira (BNDES), Liliana Magalhães (Santander Cultural) e Eric Mathis (Ondamax), e a mediadora foi Marta Machado (Otto Desenhos Animados).

À noite pudemos assistir a mais um belo filme brasileiro “A Festa da Menina Morta” do ator e agora também diretor Mateus Natchergaele.

Pela qualidade dos filmes que assitimos podemos dizer que estamos em um momento muito especial do cinema brasileiro.